Bem-vindo a Telediu!

  • Inicio
  • Blog
  • Saiba todas as respostas das principais dúvidas sobre o Mirena

Saiba todas as respostas das principais dúvidas sobre o Mirena


08/06/2017
images

O Mirena é um dos métodos contraceptivos que mais trazem dúvidas as mulheres.

Trata-se de um sistema hormonal contraceptivo, também chamado de DIU hormonal, altamente eficaz, desenhado para ser inserido na cavidade uterina e liberar pequenas doses de hormônio similar à progesterona (levonorgestrel).

Esse método causa um padrão menstrual totalmente diferente dos DIUs de cobre pelo fato da sua ação hormonal local inibir o crescimento do endométrio (a camada do útero que sangra na menstruação).

Como conseqüência dessa ação endometrial,  ele promove a diminuição ou mesmo a interrupção da menstruação e as cólicas.

O Mirena tem sido usado, em muitos casos, não só como contraceptivo, mas também no tratamento de diversas formas de hemorragias uterinas e distúrbios ligados ao ciclo menstrual.

Para eliminar de uma vez por todas as dúvidas sobre o Mirena, separamos as 5 perguntas mais frequentes para ajudá-la a identificar se esse é o melhor método para você.
 
1. Mirena é caro?
Tudo depende de alguns fatores. É preciso colocar na balança, além do preço inicial, o preço total que engloba a soma dos anos de uso do método. Aparentemente, parece mais caro, porém, o fato de poder ser usado por até cinco anos faz valer sim a pena.
 
2. Como fica o ciclo menstrual com o uso do Mirena?
O Mirena possui um sistema que libera cerca de 20mcg/dia de hormônio dentro da cavidade uterina da mulher. Isso faz com que ocorra uma redução sanguínea, assim, o padrão menstrual aos três meses sofre uma redução de 50%.

3. Com qual frequência deve-se fazer as revisões do Mirena?
As revisões do Mirena devem ser feitas pelo menos uma vez por ano. Esse procedimento pode consistir na avaliação pelo exame ultrassonográfico ou pela visualização dos fios.
 
4. Em quanto tempo, após a retirada do Mirena, eu posso engravidar?
Em poucos dias, a mulher já está com os níveis de hormônios normais podendo engravidar.
 
5. O Mirena pode ser colocado em mulheres que não tem filhos?
Sim. Mas é bom observar alguns cuidados por saber que o útero dessas mulheres, sem filhos é menor. Sendo assim, o canal cervical também é mais fino. Por isso, é de extrema importância que se procure um profissional qualificado e estabelecimento de saúde credenciado e equipado.
 
Gostou desse artigo? Então, não deixe de compartilhar com suas amigas que também têm dúvidas sobre o Mirena.